Sabrina Sato

0 Flares 0 Flares ×

por Lalá Noleto

”Sou muito de época. Em geral tenho um dia trashfood e no outro alivio. Quando chega próximo ao verão, como toda mulher, começo a me cuidar mais. Uma coisa que faz parte do meu hábito alimentar são as saladas de folhas verdes. Como um prato enorme de salada!!! Um truque de boa forma é sempre comer fibras, granola, aveia e All Bran, com iogurte ou leite desnatado entre as refeições. Também faço um treino de musculação bastante ativo, entre um aparelho e outro corro para a esteira, faço dois treinos por semana. Devo confessar que sempre ”pulo” a musculação para os braços!!! Penso que eles ainda estão fininhos e não tenho que me preocupar tanto com eles. Depois do treino gosto de comer uma omelete de claras. Sigo a dieta funcional, buscando sempre alimentos que mais do que me deixar em forma, vão me deixar saudável. Faço acompanhamento ortomolecular, meu médico me passa fórmulas para me dar mais energia para o trabalho, que não pára nunca. Meu namorado brinca comigo me chamando de ”boca nervosa”, porque como muito rápido e com muita vontade. Por isso, nas fórmulas que tomo têm calmantes naturais para conter a boquinha, como a melissa e passiflora”. 

A nutricionista Cinara da Silva Carvalho comenta a dica: 

”A busca pela melhor forma física e a alteração nos hábitos alimentares são comuns com a chegada do verão. No entanto, a dica é não exagerar no consumo dos trash food, como também não se privar disso para comer só frutas, legumes e verduras. Nada é proibido!! É necessário o equilibrio para manter o corpo saudável e com todos os nutritentes de que precisa. Consumir folhosos verdes, principalmente os escuros, reserva ao organismo poucas calorias, alto conteúdo de fibras, vitaminas, minerais e juntamente com os cereais integrais, associados com uma adequada ingestão de água, o bom funcionamento intestinal. 

O hábito de se alimentar adequadamente antes e depois do treino é fundamental. Portanto se o objetivo é ganho muscular, o ideal Sabrina é associar o consumo de omelete de claras de ovo depois do treino com um carboidrato (pão, arroz, macarrão, entre outros), uma vez que o mesmo garantirá que a proteína muscular não será utilizada como fonte de energia. 

”Boca nervosa”, seu namorado tem toda razão! Qualquer que seja o alimento, a mastigação sempre auxilia no processo digestivo, evitando alguns transtornos frequentes, como azia, má digestão, sonolência após a refeição entre outros desconfortos”. 

Cinara da Silva Carvalho | CRN1-3473 | Nutricionista

Leia mais: Revista Contigo.

 
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email 0 0 Flares ×

Postagens Relacionadas