Negra Li

0 Flares 0 Flares ×

Por Lalá Noleto

 ”Durante a gravidez estou procurando me alimentar de forma saudável, comer a cada 3 horas uma refeição pequena. Grávida não pode ficar sem comer e assim estou conseguindo controlar o peso. Também não abro mão de beber muita água, durmo com uma garrafa do meu lado. Estou evitando o abacaxi porque me dá enjoo. Uma coisa que mudei na minha alimentação também foi o consumo de carne vermelha, antes eu não comia muito, mas agora estou comendo pelo bebê, principalmente bife de fígado.”

Comentário da nutricionista Cinara Carvalho  

Uma alimentação correta e equilibrada é um dos fatores mais relevantes para uma gravidez saudável. Além de o consumo alimentar de 3 em 3 horas, com pequenas refeições o que se come também é muito importante, uma vez que certos erros alimentares cometidos podem desenvolver alterações graves na saúde do bebê. Leite e derivados fornecem proteínas de boa qualidade, ricas em aminoácidos essenciais, minerais como Cálcio, Fósforo, Magnésio entre outros e vitaminas, os cereais fornecem energia e fibras e as frutas oferecem vitaminas, carboidratos e fibras. Cuidado com o controle do peso, alterações significativas do peso terão repercussões graves para a saúde do seu bebê. O consumo de água é fundamental, pois com o aumento do volume sanguíneo e dos fluidos, é importante o consumo de líquidos, principalmente água. Mudança na alimentação que fez a diferença, pois a carne bovina é uma excelente fonte nutricional. É uma das principais fontes de ferro e zinco, minerais esses que são indispensáveis para um crescimento saudável, além de fornecerem proteínas com os aminoácidos essenciais para o crescimento fetal. Não há, portanto qualquer problema que interfira de forma negativa na saúde da gestante e do bebê consumindo carne vermelha. 

Cinara da Silva Carvalho | CRN1-3473 | Nutricionista

Leia mais: Revista Contigo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email 0 0 Flares ×

Postagens Relacionadas