Efeitos da menopausa podem ser amenizados pela alimentação

0 Flares 0 Flares ×

Menopausa, processo biológico natural do organismo feminino, caracterizada pelo final do período fértil das mulheres onde normalmente os ovários param de funcionar, deixando de produzir os hormônios progesterona e estrógeno ocasionando nos indesejáveis e temidos sintomas como ondas de calor intenso, depressão, cansaço, diminuição de memória sudoreses noturnas, insônia, redução da lubrificação vaginal, irritabilidade e ansiedade.

Além de todos os sintomas citados, com a redução da produção de estrógeno, aumenta a deposição de gordura favorecendo o acúmulo de gordura abdominal e ganho de peso, elevando os riscos para o surgimento e aparecimento de doenças cardiovasculares, diminuição da captação e absorção de cálcio favorecendo a osteoporose, uma vez que o hormônio estrógeno é o responsável pela conservação do cálcio nos ossos, além da diminuição de massa magra e do colágeno refletindo na elasticidade da pele e dos vasos sanguíneos.

Os alimentos por sua vez, podem ser bastante benéficos. Cereais integrais, frutas, hortaliças e grãos contêm boas fontes de nutrientes que podem amenizar no tratamento da menopausa. Aqueles que contem fitoestrógenos, podem contribuir para melhorar o quadro, pois possuem ação similar ao hormônio estrógeno.

A vitamina C se torna necessária para a síntese dos hormônios ovarianos e está presente nas frutas cítricas. A vitamina E encontrada nas sementes oleaginosas e óleos vegetais contribui para reduzir as ondas de calor, a vitamina B6 presente nos cereais integrais, nos ovos e nos grãos melhoram o bem estar e a vitamina D3 responsável por reforçar o sistema imunológico e absorção de cálcio, presente nos óleos vegetais.

Cálcio, mineral essencial para garantir a contração muscular e a massa óssea, presente nos leites e derivados além dos vegetais verdes. Zinco, essencial para a síntese de hormônios, presente nos peixes e frutos do mar, já o ácido fólico auxilia na reposição de DNA e reduz câncer de mama, presente nos vegetais verdes escuros.

Selênio encontrado na castanha do Pará considerado potente antioxidante além de fortalecer as funções cerebrais, magnésio presente nas oleaginosas, na beterraba, grãos e cereais integrais age no bom humor, na formação de neurotransmissores e no relaxamento muscular. As proteínas com alto valor biológico como as carnes, ovos, leites e derivados auxiliam evitando a perda de massa muscular e o ômega 3 melhora os impulsos nervosos, regula a ação insulínica – glicose, as funções cerebrais, diminui colesterol LDL e melhora a fluidez sanguínea,  peixes e linhaça são as melhores fontes.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email 0 0 Flares ×

Postagens Relacionadas