Luiza Valdetaro

0 Flares 0 Flares ×

Por Lalá Noleto.

‘’Tento fazer musculação e corridas pelo menos 3 vezes por semana. Adoro correr! Recentemente corri a meia maratona do Rio e foi ótimo, mas machuquei o joelho depois… Agora, tenho velejado (kite-surf) e amo; é divertido e ao mesmo um ótimo exercício para o corpo todo! Me alimento bem logo que acordo, como ovos, pão e um suco. No almoço, arroz integral ou uma massa de quinua com uma proteína (prefiro peixes) e legumes verdes escuros. À noite a mesma coisa. Durante o dia tento fazer lanches saudáveis, mas nem sempre é possível até porque também é muito chato viver com uma dieta tão restrita a tudo! Tenho noção do que é legal e do que não é de comer. Então, tento jogar com isso para não comer mal, mas também para não ficar chato! Evito aqueles vilões conhecidos por todos: frituras, alimentos muito gordurosos, doces em excesso… Nenhuma novidade, né?! Não resisto ao biscoito de polvilho, queijo coalho (na praia) e um bom vinho em momentos especiais! Uso suplementos para ajudar na minha saúde, como ômega 3, lifelflora e vitaminas. Se souberem de alguma coisa que realmente ajude a manter a forma, me avisem!!!” 

Comentário da nutricionista Cinara Carvalho: 

‘’A Atividade física é parte integrante de um estilo saudável de vida, fortalece os músculos, aumenta a resistência, ajuda a proteger o coração contra doenças, reduz os triglicérides, ajuda a elevação do HDL (bom colesterol). Além de reduzir o risco de outras doenças crônicas, como diabetes tipo 2 e pressão alta. No café da manhã, os ovos são de alto valor biológico, podendo ser alternado com produtos lácteos, ótimas fontes de cálcio, os pães excelente fonte de carboidratos, por possuírem mais fibras os integrais são melhores e os sucos, oferecem boas concentrações de vitaminas. A quinua real no almoço e no jantar é um cereal que contém várias propriedades benéficas à nossa saúde. Possui todos os aminoácidos necessários ao nosso organismo, vitaminas, minerais, contém pouca gordura e grande quantidade de fibras, é rica em ômega 3 e 6 e fitoestrógenos. Assim como Luiza, devemos ter cuidado com as dietas tão restritas, muitas vezes alimentações radicais, mesmo que com alimentos naturais e saudáveis podem prejudicar a saúde.

Comer quantidades moderadas e fracionadas ao longo do dia é fundamental, evitando os vilões como as frituras, o excesso de açucarados entre outros. O queijo coalho, tipicamente praiano, está proibido nas praias cariocas uma vez que a prefeitura não consegue garantir a qualidade do produto. Para manter a forma Luiza, nada melhor que o equilíbrio entre a alimentação saudável, a prática regular de atividade física e o controle emocional evitando momentos de estresse.” 

Cinara da Silva Carvalho | CRN1-3473 | Nutricionista

Leia mais: Revista Contigo
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email 0 0 Flares ×

Postagens Relacionadas