Julia Ruiz

0 Flares 0 Flares ×

Por Lalá Noleto

‘’Adoro me exercitar! Antes de fazer pela estética, sei que é muito importante para a saúde! Tenho o hábito de correr na areia e/ou ir a academia 3 vezes na semana. Quando dá aquela preguicinha não tem exercício mais gostoso que ir pedalar na praia. A alimentação hoje é essencial para coordenar a nossa vida agitada. Adoro uma salada, mas não dispenso o arroz com feijão! Não gosto de acreditar que faço dieta todos os dias. A dieta é uma obrigação, e tudo que fazemos de modo obrigatório torna-se chato e acabamos desistindo de fazer. Por isso, prefiro optar por uma alimentação saudável, dando umas escapulidas no final da semana. Eu evito os doces e refrigerantes no dia-a-dia. Gosto muito de doces, mas quando tenho uma vontade louca durante a semana, como uma fruta. Não resisto a qualquer coisa que minha avó faça na cozinha e os docinhos de festa dos amigos. Eu gosto muito de comer frutas e de manhã comer o cereal integral! Eu me sinto mais disposta para dar início ao dia!’’.

Comentário da nutricionista Cinara Carvalho:

‘’Fazer exercícios ao ar livre como correr na areia e pedalar na praia, é realmente uma delícia: promove integração com o meio ambiente e outras pessoas, sensação de liberdade, além de proporcionar saúde e bem estar.
Na maioria das vezes, a vida agitada é inimiga da alimentação saudável, mas assim como Júlia precisamos que a alimentação se torne essencial.
O consumo adequado das frutas, verduras e legumes nos fornece baixas calorias o que contribui para a perda de peso, fornece vitaminas, minerais e fibras, que auxiliam no bom funcionamento do organismo, contêm alto teor de água, hidratando o corpo, especialmente em dias quentes, além de serem facilmente digeridas. Já o tradicional arroz com feijão, não falta na mesa do brasileiro, o arroz possui várias vitaminas do complexo B e o feijão, por sua vez, é um alimento rico em proteína vegetal, também sendo fonte de ferro e vitaminas do complexo B. Enquanto o arroz é pobre no aminoácido Lisina, encontrado com abundância no feijão, o aminoácido Metionina, agora pobre no feijão, é abundante no arroz. Por isso, completam-se e ambos são essenciais ao bom funcionamento do organismo. Além disso, dessa união também se pode obter o benefício do equilíbrio glicêmico. Enquanto o arroz consumido sozinho pode elevar os níveis de glicose e em conseqüência os de insulina, o feijão interfere de forma positiva neste efeito, mantendo a glicose estabilizada. Seguindo o principio de Júlia, dieta disso ou daquilo, restrições alimentares severas, só levam o nosso organismo a ter prejuízos como a falta alguns nutrientes, o que podem ocasionar sérios problemas. A parcimônia é que deve ser constante, o que nos permite as escapulidas nos finais de semana bem como as preparações saborosas e com muito carinho de alguém querido como da avó. ‘’

Cinara da Silva Carvalho | CRN1-3473 | Nutricionista
Leia mais: Revista Contigo
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email 0 0 Flares ×

Postagens Relacionadas